Filme faz paralelo entre história de Cristo e sequestro na Amazônia

Uma trama ambientada na região amazônica sobre tráfico humano traça um paralelo com o ministério de Jesus Cristo retratado na Bíblia. A produção Libertos – O Preço da Vida (com aproximadamente 1 hora e 25 minutos) será lançada em março deste ano e promete levar o espectador a uma reflexão sobre o conceito de liberdade.

O filme apresenta seres humanos negociados como mercadorias. Nesse contexto, Emanuel, um médico voluntário (vivido pelo ator André Ramiro, de Tropa de Elite), tem como missão pessoal atender à população ribeirinha e às tribos da Amazônia. Ele, no entanto, torna-se uma potencial ameaça para a quadrilha especializada em tráfico humano. Casimir, o líder do bando, é egoísta, manipulador e não aceita que ninguém cruze seu caminho.

A roteirista e produtora Luciana Costa explica que se trata de uma segunda produção nessa linha que estabelece um paralelo entre uma narrativa dramática e momentos da passagem de Jesus Cristo por este mundo. “Tivemos uma boa experiência com o filme O Resgate – Salvação ao Extremo e resolvemos fazer um novo material que vai emocionar e, principalmente, levar os espectadores a uma reflexão mais profunda sobre sua vida e seu futuro”, comenta.

O longa-metragem é uma produção da Seven Filmes para a Igreja Adventista do Sétimo Dia que se encarrega da distribuição do material não apenas no Brasil, mas em outros países sul-americanos. O diretor de Comunicação da Igreja, Rafael Rossi, explica que a organização religiosa investe em filmes “por entender que oferecem uma linguagem adaptada a uma sociedade que quer compreender aspectos dos evangelhos da Bíblia, mas que, ao mesmo tempo, demonstra forte interesse em conteúdos audiovisuais”.

Anúncios