Não, o papa não cancelou a Bíblia

papa-franciscoEu nem ia falar sobre isso, tamanha a cara de fake que a “notícia” tem, mas, como tenho recebido perguntas de muitas pessoas a respeito do assunto, resolvi escrever esta nota para deixar claro que não, o papa não “cancelou” a Bíblia. Segundo o texto que tem circulado nas redes sociais, Francisco teria proposto criar um novo livro sagrado, pois a Bíblia estaria “desatualizada”. O site oficial católico ACI Digital desmentiu o boato no dia 18 de abril (confira aqui). Na verdade, nem seria preciso. Pare e pense um pouco… Você acha que algum líder religioso faria uma proposta dessas? Caso quisesse enganar as pessoas, não seria mais fácil usar a Bíblia que elas tanto amam cuidando apenas em distorcer sua mensagem? É isso que os espiritualistas fazem, por exemplo, ao afirmar descabidamente que João Batista teria sido uma reencarnação do profeta Elias. É isso o que outros fazem ao dizer que o santo sábado bíblico teria sido substituído pelo domingo como dia de repouso.

O que o papa disse certa vez é que apenas a Igreja Católica é que teria autoridade de interpretar a Bíblia (confira), o que não está correto, afinal, inúmeros textos bíblicos incentivam as pessoas a lerem as Escrituras por si mesmas, pedindo sempre a orientação do Espírito Santo. Leia, por exemplo, Apocalipse 1:1. Ali fica claro que a revelação é para os servos de Deus, ou seja, qualquer pessoa que humildemente se disponha a colocar em prática o conteúdo estudado/lido.

Portanto, se a intenção é defender um ponto de vista, um dogma ou mesmo enganar as pessoas, melhor é manter a Bíblia e interpretá-la ao bel-prazer.

Desconfie sempre de “notícias” com caráter sensacionalista e absurdo, sem fonte ou com fonte duvidosa, sem repercussão em órgãos noticiosos confiáveis. E mais importante do que isso: NÃO REPASSE ESSAS INFORMAÇÕES SE NÃO TIVER CERTEZA DE QUE SÃO VERDADEIRAS. Não contribua com a disseminação de fake news. Quem gosta disso é o pai da mentira. [MB]

Leia também: “O diabo é o pai das fake news e dissidentes lhe seguem o exemplo e “Boataria internética”

Anúncios