Emissora de TV zomba da segunda vinda de Cristo

zorraNo último sábado (12), foi ao ar uma edição do [programa “humorístico”] “Zorra” que exibiu uma esquete humorística [?] chamada “Ônibus da Fé”, que mostrava personagens evangélicos em um ponto esperando a chegada do transporte público e sem interesse pela volta de Jesus [se bem que muitos ditos cristãos realmente vivam assim]. Uma mulher chega ao local e pergunta para o grupo de religiosos se o ônibus de determinada linha já tina passado. “437… esse ônibus é tinhoso. A gente tá aqui orando pra ele passar. Junte-se a nós”, declara o líder. O ônibus acaba passando, para o desespero das pessoas, e depois um deles fala que outro está chegando. “Não é ônibus, é Jesus”, interrompe um dos personagens. “Mas esse aí volta o tempo todo, eu quero o 437”, avalia o líder do grupo.

(Observatório da Televisão)

Nota: Já está virando lugar-comum a TV Globo debochar dos cristãos em seus programas. Tremenda falta de respeito zombar de uma das mais caras esperanças dos cristãos, a segunda vinda de Cristo, prometida por Ele mesmo (veja aqui). Por outro lado, é bom ver que mais uma profecia se cumpre cada vez que esse tipo de zombaria acontece (confira 2 Pedro 3:3, 4). Duvido que algum representante da emissora pedirá perdão, algo que o padre Fábio de Melo teve que fazer recentemente. Ele disse em uma missa para seus fiéis não terem medo de macumba, o que quase lhe rendeu um processo judicial. Um babalaô enviou uma notificação extrajudicial à diocese em que o padre trabalha, e Melo foi às redes sociais desdizer o que havia dito. Ninguém deve ser discriminado nem atacado por causa de suas crenças. A liberdade religiosa deve ser defendida e promovida intensamente, assim como o respeito e a tolerância devem caracterizar uma sociedade dita “evoluída”. Mas que o politicamente correto às vezes parece ser uma via de mão única, isso parece. [MB]

Leia também: Os zombadores dos últimos dias

Anúncios