Netflix exibirá animação com drag queens feita no Brasil

dragDeu no site da Globo: “A Netflix anunciou nesta quinta-feira sua primeira animação original produzida no Brasil. Com estreia prevista para o segundo semestre de 2018, Super Drags terá cinco episódios e foi criada criada por Anderson Mahanski, Fernando Mendonça e Paulo Lescaut, com produção do Combo Estúdio. A animação é centrada em Patrick, Donny e Ramon, que durante o dia trabalham em uma loja de departamento e, à noite, se tornam Lemon Chiffon, Safira Cian e Scarlet Carmesim, as Super Drags, que têm a missão de reunir a comunidade LGBT e espalhar purpurina pelo mundo. A sinopse do teaser já adianta o tom bem-humorado da atração, com expressões do universo GLBT: ‘De dia, eles trabalham numa loja de departamento e têm que aguentar o chefe escroto. De noite, eles aguentam a neca e se transformam nas Super Drags, prontas para salvar o mundo da maldade e da caretice, enfrentando um vilão desaplaudido a cada episódio. Prepare-se, essas Super Drags vão longe demais.’ ‘Estamos entusiasmados que a nossa primeira animação brasileira vai apresentar aos nossos espectadores o mundo ousado, escandaloso e fabuloso de Super Drags! A Netflix tem a sorte de investir em grandes talentos de animação do Brasil, trazendo a traço vibrante da Combo e o humor ácido de nossos produtores para as belas e as telas de todos os cantos’, destacou Chris Sanagustin, diretora de Conteúdo Original Internacional da Netflix, em comunicado enviado nesta quinta-feira.”

Alguns comentários postados no Facebook da Globo:

“Espero que fique na seção de adultos. Meu filho nunca vera isso.”

“‘Poderosas’?! Que poder alguém adquire simplesmente por se vestir de forma espalhafatosa? Depois de ‘lacrar’ na noite anterior, o pobre diabo volta pra mediocridade de um cotidiano alienado e desumano, repleto de exploração, violência e humilhações. Essa agenda pós-moderna é um dos piores chorumes ideológicos produzidos pelo capitalismo em putrefação.”

“Alguém (da Netflix ou da Globo) está exagerando na tentativa de doutrinação de crianças e jovens, a cultura gay. Não há incentivo à verdadeira educação, mas a safadeza e o imoral, há muitos investidores e incentivadores.”

“Mais uma vergonha para o país do futebol, prostituição, corrupção e roubo.”

“Fazem em forma de desenho animado. Seria pra atrair CRIANÇAS?”

Anúncios