A esquerda democrata não consegue mais falar a palavra “cristão” para se referir a vítimas

Sri-Lanka-ataque-igrejaJá o terrível atentado terrorista no Sri Lanka contra cristãos, apontando para o verdadeiro culpado, que a imprensa faz de tudo para esconder: o Islã radical. A coisa chegou a um grau tão absurdo que os “progressistas” se esforçam ao máximo para proteger aqueles que pretendem destruir o Ocidente. É uma afinidade ideológica que se origina no niilismo e tem como denominador comum o ódio ao legado ocidental. Guilherme Macalossi comentou: “Até agora, 290 mortos em atentados contra Igrejas Católicas no Sri Lanka. Até agora, ninguém na imprensa usou o termo ‘cristofobia’ para descrever os ataques efetuados na Páscoa.” E ele está certo, claro. Ninguém – absolutamente ninguém na grande imprensa – usa a palavra “cristofobia” para descrever o ódio e a perseguição aos cristãos ao redor do mundo, enquanto “islamofobia” é um termo usado em abundância, mesmo para rotular aquele que simplesmente tece críticas ao radicalismo islâmico.

Mas a doença é pior do que essa. A esquerda democrata, cada vez mais radical, não usa “cristofobia” e tampouco usa a palavra cristão para definir as vítimas do atentado! Tanto Obama como Hillary Clinton escreveram “adoradores da Páscoa” para se referir aos cristãos.

“É preciso compreender isso pela ótica da narrativa “progressista” nessa marcha das “minorias oprimidas”. Para a esquerda moderna, o homem branco cristão ou judeu será sempre o algoz, enquanto as “minorias” serão sempre as vítimas. Não pode ser diferente, pois se cada caso for analisado individualmente, a política de identidades, coletivista, morre.

Reparem no duplo padrão hipócrita: quando “supremacistas brancos” atacaram muçulmanos, Clinton deixou de lado esse “zelo” e deu nome aos bois, lamentando a perda da comunidade islâmica e acusando os terroristas diretamente.

Obama, Clinton e os demais democratas esquerdistas não conseguem sequer falar cristão para definir vítima de atentado, pois cristão, em sua narrativa tosca, precisa ser sempre o culpado. Ao mesmo tempo, eles se recusam a apontar para islâmicos como responsáveis por qualquer coisa ruim, enquanto se apressam para enxergá-los como vítimas. É nisso que a esquerda se resumiu hoje: assessoria de imprensa dos radicais islâmicos!

Obs.: É bom lembrar que Clinton e Obama já são vistos como “moderados” demais no seu partido, figuras ultrapassadas que precisam ceder espaço para as “novas faces”, gente como Ocasio-Cortez ou Ilhan Omar, antissemita defensora dos… radicais islâmicos.

(Rodrigo Constantino, Gazeta do Povo)

Sri-Lanka-ataque-igreja1

Anúncios

Beijo faz chinesa perder audição

french-kissUma mulher ficou quase surda após beijo apaixonado do namorado. O caso aconteceu na cidade de Zhuhai, no Sul da China. A chinesa teve ruptura de tímpano no ouvido direito durante o beijo francês caliente. De acordo com o jornal China Daily, o médico que atendeu a mulher afirmou que a paciente vai recuperar totalmente a audição em até três meses. Mas ela vai precisar tomar cuidado com os beijos. Ele explicou o que ocorreu: “O beijo demorado reduziu a pressão na boca, forçando fortemente o tímpano, até que ele se rompeu.” E o mais sensacional na história: “Beijar é normalmente seguro, mas os médicos orientam que as pessoas devem agir com cautela” (dica do jornal chinês).

(Do blog Page Not Found)

Nota: Ao ler esta nota inusitada, não pude deixar de pensar que muitas vezes os jovens se tornam surdos quando arrebatados pela paixão. Os adultos e mesmo amigos mais “centrados” aconselham, dizem que é bom tomar decisões com sabedoria e oração, não agir por impulso, namorar a pessoa certa, que tenha princípios e seja respeitadora; que certos tipos de conduta são próprias de pessoas casadas e que, uma vez ultrapassados certos limites, as consequências são desagradáveis. E por aí vai. No caso da chinesa, a surdez poderá ser revertida. No caso de algumas pessoas obstinadas, também há tempo de voltar atrás e recomeçar. O problema é quando a pessoa tapa os ouvidos deliberadamente e escolhe a surdez voluntária. Aí, o jeito é aprender “quebrando a cara”. “Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensino de tua mãe” (Provérbios 1:8). “Ouve, filho meu, e aceita as minhas palavras, para que se multipliquem os anos da tua vida” (Provérbios 4:10). [MB]

Ele vive! Evidências da ressurreição de Cristo

Quando Deus manda…

senhoraCerto dia, durante a programação de uma emissora, ligou para a rádio uma senhora que estava passando por situação econômica muito difícil. Aproveitando aquele espaço de utilidade pública, ela resolveu fazer seu apelo e disse: “Estou passando por uma grande prova. O desemprego bateu à minha porta, tenho filhos pequenos, meu esposo está doente e estamos sem nenhuma renda. Se alguém puder me ajudar com qualquer alimento, eu ficaria muito grata; aquilo que DEUS tocar em seu coração, eu agradeço e será de grande ajuda.” E ali ela aproveitou para deixar seu endereço. Entretanto, no momento desse apelo, um ateu estava ouvindo a programação e pensou consigo: “É hoje que eu mostro que não há Deus que se importe com ninguém!” Então, ele se dirigiu para o mercado e fez toda aquela compra. De tudo comprou, e em dobro. Depois deu a seguinte ordem a dois de seus empregados: “Vocês vão até à casa dessa senhora. Entreguem esta compra e, quando ela perguntar quem mandou, vocês vão dizer que foi o diabo. O diabo é quem está enviando esta compra!”

Os dois homens seguiram rumo à casa da senhora. Bateram palmas e ela, humilde, atendeu. Eles logo disseram: “Viemos trazer esta compra para a senhora”. “Entrem, por favor”, disse a mulher. “Vão colocando aqui…” E ali descarregaram tudo. E a senhora, então, continuou: “Que Deus abençoe. Muito obrigada, muito obrigada mesmo!” Depois de descarregar as caixas, os dois homens pararam, olharam um para o outro e um deles sussurrou: “Será que ela não vai perguntar quem mandou a compra?” “Não sei… estranho, né?”, respondeu seu parceiro. Então o primeiro, com todo o seu atrevimento, perguntou: “Ei, a senhora não vai perguntar quem mandou esta compra?” E a senhora, com muita sabedoria, respondeu: “Não é preciso, meu filho, porque quando DEUS manda, até o diabo obedece!”

(Fonte desconhecida)

Família: preparando-se para a mudança

Elderly woman contemplatingMuitas mudanças acontecem em nossa vida de maneira inesperada. Algumas, porém, podem ser muito bem planejadas para que as experimentemos com alegria (como o casamento e a chegada dos filhos). E há outras que nos dão sinais e avisos de que as coisas vão ser diferentes, e devemos nos preparar para encará-las com otimismo e segurança (como o envelhecimento e a morte).

Perguntas para discussão e aplicação

1. Leia Romanos 3:23. Como o conhecimento dessa verdade deve guiar nossa vida? Como isso nos ajuda a encarar os grandes desafios e as mudanças? Por outro lado, como esse fato nos ajuda a planejar melhor nossa jornada terrestre?

O CASAMENTO

2. Por que Deus diz que “odeia” ou “detesta” o divórcio (Ml 2:16)?

3. De que forma o casamento pode influenciar sua vida espiritual para melhor ou para pior?

4. Medite nesta citação: “Dado precipitadamente, [o casamento] é um dos meios mais eficazes para arruinar a utilidade de rapazes e moças. A vida se torna um fardo, uma maldição. Pessoa alguma pode com mais eficácia estragar a felicidade e a utilidade de uma mulher e tornar-lhe a vida mais pungente fardo do que seu marido [e vice-versa]” (Ellen G. White, O Lar Adventista, p. 43). O que esse texto lhe diz sobre a importância de orar e de planejar muito bem antes de se casar? Como Deus deve entrar nesta história?

5. Algumas pessoas naturalmente não sentem necessidade nenhuma de um cônjuge. É o chamado “dom do celibato”, que aparentemente poucos recebem (Mt 19:11, 12). Você gostaria de ter esse dom? Por quê? Por outro lado, como aqueles que pretendem se casar podem planejar a soma de seus outros dons para a glória de Deus?

PATERNIDADE E MATERNIDADE

6. De que forma a chegada de um bebê pode mudar a vida espiritual de alguém? Quais são os perigos de se tornar pai ou mãe quando a religião da pessoa é apenas de aparência?

7. Como aqueles que pretendem ter filhos devem se planejar muito antes para que essa grande mudança de vida possa ser uma bênção?

8. Medite neste texto sobre Adonias, um dos filhos rebeldes do rei Davi: 1 Reis 1:5, 6. Quais foram as consequências desse estilo de paternidade? Como você vê isso hoje no mundo? De que modo podemos planejar antecipadamente que isso jamais aconteça com nossos próprios filhos?

PREPARANDO-SE PARA A VELHICE

9. Leia Eclesiastes 12:1. Em sua opinião, por que Deus diz aos jovens para se entregarem a Ele antes de ficar idosos?

10. Leia Salmo 90:10, 12. Por que muitos se sentem tristes e deprimidos ao reconhecer os sinais do envelhecimento? De que forma podemos nos preparar para ter uma “boa” velhice, sem muita “canseira e enfado”, e sem muitos sofrimentos físicos ou psicológicos?

11. Em sua opinião, o que é pior do que envelhecer? Por outro lado, quais são os benefícios de envelhecer? O que você pode compartilhar hoje com sua experiência de vida?

PREPARANDO-SE PARA A MORTE

12. Leia 1 Coríntios 15:26. Sabendo que, cedo ou tarde, a morte é o nosso destino certo e inevitável, como esse versículo fala ao seu coração?

13. Leia Jó 19:25-27 e 1 Coríntios 15:19-23. Como o relacionamento que você tem hoje com Deus o ajuda a encarar a morte com muito mais esperança do que medo? Se precisa melhorar nesse sentido, o que está esperando?

Natal Gardino é doutor em Ministério pela Andrews University e pastor distrital em Jardim Iguaçu, Maringá, PR

Macacos ficam mais inteligentes após receber genes humanos no cérebro

macacoUm experimento de cientistas chineses inseriu genes humanos em cérebros de macacos e tornou os animais mais inteligentes, segundo estudo publicado na revista especializada National Science Review, de Beijing. Os macacos transgênicos tiveram melhores respostas em testes de memória curta, além de reagir mais rapidamente do que os animais comuns. O desenvolvimento de seus cérebros também demorou mais do que o normal para primatas, e seguiu um padrão semelhante ao do cérebro humano. A pesquisa foi conduzida pelo Instituto de Zoologia de Kunming, no sudeste da China, e tinha a intenção de examinar a base genética do cérebro humano e a evolução da cognição – a capacidade de adquirir conhecimento. Os cientistas usaram 11 macacos rhesus e implataram em seus cérebros o gene MCPH1, que eles acreditam que desempenha papel importante no desenvolvimento cerebral humano.

Para fazer a implantação, eles expuseram os embriões dos macacos a um vírus que carregava o MCPH1. Segundo os chineses, foi a primeira vez que se realizou um experimento desse tipo para compreender a base genética da origem do cérebro humano. O estudo chinês gerou controvérsia no meio científico e foi considerado anti-ético por cientistas ocidentais.

“Na imaginação popular, é como se estivéssemos entrando no ‘Planeta dos Macacos'”, disse a bioeticista Jacqueline Glover, da Universidade do Colorado. “Torná-los mais humanos é causar dano a eles. Onde viveriam? O que fariam? Não se deve criar seres que não possam ter vidas significativas em qualquer contexto.”

(Page Not Found)

Frequentar a igreja pode prolongar a vida

churchIr à igreja ou frequentar qualquer tipo de serviço religioso pode prolongar a vida, segundo estudo publicado na revista Psychology and Health. Avaliando dados de mais de 92 mil mulheres na pós-menopausa, acompanhadas por mais de sete anos, a pesquisa da Universidade Yeshiva, em Nova York, descobriu que aquelas que participavam de serviços religiosos pelo menos uma vez por semana reduziam em 20% seu risco de morte. Os autores destacam que a proteção contra a mortalidade não seria explicada inteiramente pelo aumento do apoio social e por mudanças no estilo de vida motivadas pela religião, como a redução do consumo de álcool e do fumo. “Há algo aqui que não entendemos perfeitamente. É sempre possível que alguns fatores desconhecidos ou não medidos confundam esses resultados”, explicaram.

(Web MD)

Nota: “Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor” (Salmo 122:1). “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima” (Hebreus 10:25).