Família: paternidade e maternidade

familiaPaternidade e maternidade. Ao estudarmos as “estações” da família, esse assunto é um daqueles em que temos que nos demorar um pouco para refletir sobre os ideais de Deus. Só assim essa fase (ou a falta dela) pode fazer sentido e ter um propósito no plano maior de Deus.

Perguntas para discussão e aplicação

1. “Multipliquem-se e encham a Terra.” Essa foi a ordem de Deus aos seres humanos em duas ocasiões: na semana da criação (Gn 1:28) e logo após o dilúvio (9:1). Porém, até que ponto ter muitos filhos ainda é uma ordem efetiva para os que vivem no século 21? Em que ocasiões é mais prudente e nobre um casal cristão planejar não ter filho algum? Por quê?

2. Por que as pessoas dos tempos bíblicos consideravam a falta de filhos uma maldição? Como podemos ajudar as pessoas que sofrem por não ter filhos e que ainda pensam assim? Que versículos bíblicos você usaria para levar conforto e esperança a alguém que esteja sofrendo por isso? (Ex.: Jr 29:11; Mt 11:28; Is 43:1, 2)

3. Leia Ester 2:7. O que podemos aprender da atitude de Mordecai ao adotar a sobrinha Ester?

4. Leia Deuteronômio 6:6-9 e 11:18-20. Na prática, o que Deus está dizendo aqui aos pais e mães? Como essas palavras podem (e devem) ser aplicadas aos nossos dias?

5. De que modo educar filhos pode ser considerado uma forma de discipulado?

6. Leia Tiago 1:27. Como podemos aplicar esse verso também aos pais e mães sem cônjuge para ajudá-los a ter alívio em sua carga?

7. Veja os textos abaixo sobre filhos que se desvirtuaram devido (em grande parte) aos erros dos pais. O que podemos aprender destes exemplos negativos de paternidade? Em sua opinião, em que esses pais podem ter errado? Como podemos evitar cair nos mesmos erros?

  • Sobre os filhos do sumo sacerdote Eli: 1 Samuel 2:12, 22-24; 3:10-14
  • Sobre os filhos do profeta Samuel: 1 Samuel 8:1-3
  • Sobre Adonias, filho do rei Davi: 1 Reis 1:5, 6

8. Como você entende Provérbios 22:6? Qual deve ser a atitude dos pais que têm filhos afastados de Deus e da igreja? De que maneiras a igreja pode ajudar esses pais durante esse período de sofrimento?

Natal Gardino é doutor em Ministério pela Andrews University e pastor distrital em Jardim Iguaçu, Maringá, PR