Terraplanistas vão realizar evento no Brasil

terraOs terraplanistas, em sua campanha de desinformação, tendo um evolucionista na liderança da organização internacional Flat Earth Society, vão realizar uma convenção no Brasil, país com enorme potencial para ideias conspiratórias como a da Terra Plana, pois muita gente aqui prefere se informar por meio de videozinhos no YouTube a estudar matemática e física. Sim, os terraplanistas que dizem que a gravidade não existe e que a atmosfera é, na verdade, uma cúpula sólida dentro da qual o Sol e a Lua (muito menores do que a Terra) giram circularmente, estranhamente se pondo e nascendo todos os dias. Sim, os terraplanistas que sustentam que os eclipses são causados por corpos celestes invisíveis que de vez em quando passam na frente do Sol e da Lua, encobrindo-lhes a luz. Os terraplanistas que afirmam que nas bordas da Terra pizza há uma parede de gelo intransponível. Esse pessoal que despreza todos os conhecimentos em astronomia e matemática, revelados desde Newton, Galileu e Copérnico, quer levar essas ideias estapafúrdias ao grande público, e pior: muitos deles sustentam que essas ideias seriam bíblicas, atraindo, com isso, escárnio e descrédito especialmente ao criacionismo bíblico.

Entre esses expoentes do terraplanismo há um indivíduo formado em geofísica que parece ter esquecido tudo o que aprendeu na faculdade. Um rapaz que se vale do currículo para dar respeitabilidade às ideias extravagantes que defende, como a de que o ser humano é obrigado a comer carne e que isso estaria vinculado à possessão demoníaca (!), contrariando todas as pesquisas recentes na área de nutrição, que apontam as inúmeras vantagens da dieta vegetariana.

Tem também um garoto físico que defende a Teoria do Design Inteligente, mas ultimamente vem gastando mais tempo para tentar provar que a Terra é plana e que os norte-americanos não teriam ido à Lua, numa cruzada sem sentido e que já chamou a atenção da grande mídia – obviamente pelo ridículo da coisa.

Conforme escreveu meu amigo Marco Dourado, isso é “preocupante. Em 2015 e 2016, havia meia dúzia de gatos pingados defendendo intervenção militar em meio a centenas de milhares de manifestantes que só queriam um processo normal de impeachment. Pois eram justamente esses os fotografados e entrevistados pela extrema-imprensa a fim de caracterizar o movimento como golpista. Mesma coisa entre os criacionistas e defensores da Teoria do Design Inteligente: bastam dois ou três defendendo o terraplanismo que os sabujos midiáticos da Nomenklatura Científica vão igualar as duas coisas para nos tachar de malucos”.

O problema é que esses dois ou três fazem muito barulho e muito estrago, atrapalhando o trabalho dos criacionistas e teóricos do Design Inteligente que preferem agir como verdadeiros cientistas, com base em fatos, usando a verdadeira ciência e uma compreensão séria da Revelação, deixando de lado o sensacionalismo polemista caça-views.

Michelson Borges