A escuridão se desfez

Free desktop imagesPor vezes achei / Que podia continuar / Me afastar / E sozinha caminhar.

Por vezes pensei / Que era auto-suficiente / Que podia sozinha me salvar.

Mal sabia eu que nada andei / Corri parada sem ninguém.

Tentei / Mas pelos meus meios eu fracassei / E então no escuro eu me encontrei / Só senti a solidão.

Busquei / E a salvação eu achei / A escuridão se desfez / Meu Cristo me estendeu a mão / E forneceu a proteção.

Eu até pensei / Que podia viver / Sem as raízes do meu Senhor.

Eu achei que podia / Vencer a tentação / Sem a divina proteção.

Mas sozinha eu sou nada / Sou apenas um grão de areia / Fico sozinha, no escuro / E não consigo ver a estrada.

Tentei / Mas pelos meus meios eu fracassei / E então no escuro eu me encontrei / Só senti a solidão.

Busquei / E a salvação eu achei / A escuridão se desfez / Meu Cristo me estendeu a mão / E forneceu a proteção.

Tentei / Mas pelos meus meios eu fracassei / E então no escuro eu me encontrei / Só senti a solidão.

Busquei / E a salvação eu achei / A escuridão se desfez / Meu Cristo me estendeu a mão / E forneceu a proteção.

(Letícia Borges Nunes tem 16 anos e mora em Criciúma, SC)