Perguntas interativas da Lição: vivendo pela Palavra de Deus

Praying in the darkNesta semana se encerra o trimestre da Lição da Escola Sabatina que tratou do tema “Como Interpretar as Escrituras”. Para concluir esse assunto, verificamos o fato de que todas as técnicas de hermenêutica para interpretar a Bíblia não valem nada se o que for aprendido não for colocado em prática.

Perguntas para discutir em grupo:

Leia Tiago 1:22. De que modo as pessoas que são “somente ouvintes” das Escrituras enganam a si mesmas?

Por que a Bíblia não deve ser lida apenas para se obter conhecimento teológico ou literário? De que maneira sua leitura se torna efetivamente proveitosa para a vida? Por quê?

Veja em Mateus 4:4, 7, 10 como Jesus usava as Escrituras para combater as tentações. Como também podemos adquirir tal conhecimento para as usarmos da mesma forma que Ele?

Por que ser capaz de apenas citar passagens da Bíblia (como o diabo fez em Mateus 4:6) não é suficiente?

Como vemos em Lucas 5:46, 47; 10:26; 24:45, 46, Jesus considerava as Escrituras como a norma pela qual devemos viver e analisar todas as coisas. O que isso nos ensina sobre o pensamento popular em alguns círculos de que “as palavras de Cristo estão acima das palavras da Bíblia”? De que forma esse pensamento invalida as Escrituras e torna o Cristianismo cada vez mais subjetivo?

De que forma a leitura da Bíblia nos ajuda a viver o etilo de vida proposto em Filipenses 2:12-16? Em que sentido Deus “efetua em nós tanto o querer como o realizar”? Por que não podemos viver o que estudamos sem o auxílio do Espírito Santo?

Qual é a importância de passarmos diariamente um tempo de qualidade com Deus? Por que as pessoas que dizem não ter “tempo” para dedicar à comunhão diária geralmente o conseguem para fazer qualquer outra coisa que lhes pareça “importante”?

Qual é o papel da leitura da Bíblia durante a hora tranquila de comunhão com Deus? O que essa comunhão pode se tornar, ao longo do tempo, sem a leitura da Palavra?

Conforme Efésios 5:19 e Colossenses 3:16, de que maneira a palavra de Deus pode “habitar ricamente” em nós? Como a memorização de diversas passagens das Escrituras pode nos ajudar em momentos difíceis?

Leia Filipenses 2:16. O que significa “preservar a Palavra da vida”? Como podemos fazer isso?

Compare Lucas 24:44, 45 com 2 Coríntios 4:3, 4. Ao encerrarmos o tema de estudo deste trimestre, como podemos ter a mente sempre disposta a compreender devidamente as Sagradas Escrituras?

(Natal Gardino é doutor em Ministério pela Andrews University e pastor distrital em Londrina, PR)