Sobre o estupro da menor e outras crueldades

abusoSeria muito bom se não existissem no mundo situações éticas que entrassem em conflito. Devemos honrar pai e mãe obedecendo-lhes em suas ordens. Mas meus pais não queriam que eu me tornasse um adventista. E então? O que fazer? Pequei por desobedecer-lhes e me ser batizado contra a vontade deles? Sobre o caso dessa pobre menina de dez anos estuprada, não acho que seria prudente dar uma resposta rápida achando que um post resolveria o problema de uma menina que nem conheço. Aborto é um crime. Porém, acho que não podemos cometer o erro de falar um dicto simpliciter, isto é, trazer uma generalização indevida para um caso surreal de características completamente excepcionais.

Sempre fui contra manifestações que beiram ao histerismo, venha de um lado ou de outro. Não imagino Jesus agindo assim. Não ficarei do lado do conservador, se ele defender o que acredito com argumentos que eu jamais usaria. Eu gostaria de poder fazer muito mais por essa menina do que simplesmente emitir minha opinião na internet. Infelizmente, não posso. Ou melhor, posso sim, em primeiro lugar não  a julgando; em segundo lugar, orando por ela (imaginem a aflição dela, as sequelas emocionais que o trauma deixara); e, em terceiro, usando a tragédia dela para me lembrar do dever de nunca ser conivente, se algo do tipo acontecer perto de mim. Melhor ainda, não esperar acontecer para fazer algo. Prevenir é melhor que remediar.

Ledo engano achar que monstruosidades assim só ocorrem onde não estou. Não posso ser um alienado. Palpites e opiniões todos dão. Fazer algo concreto poucos fazem. Deus me ajude a não ser apenas um palpiteiro. Afinal, Jesus era a verdade e nem por isso emitiu opinião sobre tudo o que acontecia. Essa mensagem não é apenas para vocês. Ela é uma advertência também para mim.

Ah, só tem uma coisa que não posso esquecer: todos somos pecadores, mas alguns conseguem ser perversos, e estes enfrentarão a ira de Deus. Que se arrependam, senão seu sofrimento nas mãos de um Deus irado será algo pior do que qualquer dor que eles causaram a seu semelhante. Com Deus não se brinca!

(Rodrigo Silva é apresentador do programa Evidências, da TV Novo Tempo)

Leia também a Declaração da IASD sobre a visão bíblica da vida intrauterina e suas implicações para o aborto” (clique aqui).

Apoie o projeto Quebrando o Silêncio, há mais de uma década combatendo várias formas de violência.

criançasSEMÁFORO DO TOQUE: Se você não sabe como explicar para seu(sua) filho(a) onde ele ou ela pode ou não ser tocado(a), faça esse desenho com ele/ela e diga que é um jogo. Igual ao semáforo: verde (pode), amarelo (atenção) e vermelho (proibido). Proteja seu bem mais precioso. Nossos filhos são nossa herança! Pedofilia é crime. Denuncie!