Perguntas interativas da Lição: compartilhando a história de Jesus

Nossa vida, não nossas palavras, é a testemunha mais eloquente daquilo que cremos. As pessoas geralmente não aceitam Jesus devido a uma boa oratória, mas ao verem Ele próprio em ação na vida e nos atos das pessoas transformadas por Seu poder. Esse foi o tema da lição da Escola Sabatina desta semana.

Perguntas interativas para discussão em grupo:

O que significa dizer que o melhor testemunho sobre Jesus não é feito com palavras mas com a vida?

Por que as doutrinas e a própria Teologia não fazem sentido se Jesus não estiver em seu fundamento?

Leia Efésios 2:1-5. Do que Paulo está falando? Por que é importante reconhecermos e testemunharmos da mudança operada em nós?

Agora leia os versos 9 e 10. O que significa dizer que a salvação é “pela graça” e não “pelas obras”? Apesar de não podermos conquistar a salvação por meio de “boas obras” (o que tornaria nossa salvação algo impossível), qual o sentido do verso 10, ao dizer que Deus “preparou as boas obras de antemão para que andemos nelas”?

Como as boas obras de um cristão transformado podem testemunhar sobre Jesus e conduzir pessoas a Ele?

Veja as personalidades dos irmãos Tiago e João antes de conhecerem Jesus (Mc 3:17; Lc 9:54) e depois (Tg 3:13; 1Jo 4:7, 8, 11). De que maneira as experiências deles e a de tantos outros, como os ex-endemoninhados de Gadara, devem se tornar testemunhos poderosos a respeito da missão de Jesus?

Leia Romanos 5:1 e 8:1. Apesar dessas afirmações confortadoras, por que há tantos cristãos que têm dúvida da própria salvação? O que pode estar errado e como isso pode ser resolvido? Como podemos ter a certeza da salvação sem ser presunçosos?

Por que não podemos testemunhar eficientemente de Jesus se temos dúvidas da nossa própria salvação?

Leia Lucas 9:23. O que significa exatamente “negar-se a si mesmo”, “dia a dia tomar a sua cruz” e “seguir” a Jesus? Mesmo que a salvação por meio de boas obras não seja possível, por que há alguns sacrifícios a fazer e coisas a abandonar quando aceitamos Jesus Cristo como nosso Salvador e Senhor? Como essa entrega total e sem reservas nos torna testemunhas mais poderosas?

Como podemos experimentar a atuação do poder divino em nossa vida para sermos testemunhas eficazes de Jesus?

(Natal Gardino é doutor em Ministério pela Andrews University e pastor distrital em Londrina, PR)