Animação escancara ensino da imortalidade da alma e da reencarnação

soul-cartaz

Numa busca rápida na internet, encontrei as seguintes informações: “Soul: uma aventura com alma” é uma animação em 3D do gênero comédia produzida pela Disney/Pixar. Conta a história de Joe Gardner, professor do ensino médio que sonhava em ser músico de jazz, e que finalmente teve a chance que queria depois de impressionar outros músicos durante um ensaio aberto no Half Note Club. Mas um acidente o leva à morte e sua “alma” é transportada para o “Seminário Você”, um centro no qual as “almas” se desenvolvem antes de serem enviadas para um recém-nascido (reencarnação). A missão de Joe consiste em trabalhar com “almas” em treinamento.

“Com a morte de Joe, descobriu-se que, para voltar à vida e fazer seu grande show, ele precisa ajudar uma alma jovem – que ainda não desceu à Terra – a ter uma alma completa para viver. Alguns críticos dizem que esse filme é complicado para as crianças por trabalhar um tema abstrato como a alma. No entanto, as crianças transitam com muito mais naturalidade entre o mundo visível e o invisível do que os mais velhos, uma vez que ainda não foram esmagadas pelo trabalho, o dinheiro e as conquistas” (El País). 

As crianças, sempre elas… O alvo preferencial de Satanás, pois são mais suscetíveis às suas mentiras. Faz 15 anos que venho advertindo as pessoas quanto à disseminação do que na primeira edição do meu livro Nos Bastidores da Mídia eu chamei de “tríade filosófica do mal” (evolucionismo, espiritualismo e marxismo). Ao longo desses anos, essas e outras ideologias antibíblicas continuaram sendo veiculadas nas mais diversas mídias e das mais diversas formas, tanto que se tornaram lugar-comum em praticamente todas as produções culturais. Ninguém mais as questiona, e falar em criacionismo e mortalidade da alma se tornou a verdadeira “contracultura”.

Para quem estuda a Bíblia e a leva a sério, fica mais do que evidente que conceitos como alma imortal e reencarnação são, na verdade, mentiras criadas pelo inimigo de Deus para afastar o ser humano da única Fonte de vida. Se você tem dúvidas quanto a isso, convido-o a assistir aos três vídeos abaixo e a ler com atenção o texto a seguir:

“Não permitam que se ache alguém entre vocês que queime em sacrifício o seu filho ou a sua filha; que pratique adivinhação, ou dedique-se à magia, ou faça presságios, ou pratique feitiçaria ou faça encantamentos; que seja médium ou espírita ou que consulte os mortos. O Senhor tem repugnância por quem pratica essas coisas, e é por causa dessas abominações que o Senhor, o seu Deus, vai expulsar aquelas nações da presença de vocês” (Deuteronômio 18:10-12).

Assuntos ligados à magia, à feitiçaria e ao espiritualismo continuam sendo abomináveis para Deus. E por quê? Porque colocam as pessoas em contato direto com Satanás e seus anjos, os verdadeiros criadores e promotores desses enganos. Seja mais seletivo com seus entretenimentos para não consumir abominação em lugar de diversão. Nos bastidores da mídia e da história, o inimigo continua não dormindo em serviço.

Michelson Borges