Livros de Ellen White foram falsificados por jesuítas na China?

De vez em quando,”notícias” espalhafatosas e fake news se espalham pelas redes sociais como fogo na palha. Alguns desses boatos, passado algum tempo, voltam requentados como se fossem novidade. Infelizmente, muita gente acaba contribuindo (na maioria das vezes sem querer) para que a mentira se espalhe mais e mais, sem se dar o trabalho de verificar as fontes da informação ou de averiguar se ela é verdadeira ou não. Recentemente voltou a circular a “notícia” de que jesuítas estaria falsificando/adulterando livros de Ellen G. White na China. Em 2011, William Fagal, diretor associado do Ellen G. White Estate, da Associação Geral da Igreja Adventista do Sétimo Dia, emitiu a seguinte nota:

“Fizemos indagações sobre isso com a liderança adventista na China, e eles não têm uma preocupação contínua. Alguns livros foram modificados e publicados, mas, de acordo com fontes na China, os perpetradores foram presos e os membros da igreja foram informados do problema; então eles sabem sobre os livros maculados. Não temos informações aqui de que jesuítas estiveram envolvidos na falsificação, conforme alegado em relatórios.”

Portanto, qualquer coisa além disso será mero boato e não deve ser disseminado.

Leia também: “Vídeo mentiroso sobre o decreto dominical”, “Não, o papa não cancelou a Bíblia” e “Boataria internética”

fato-boato