Crítica textual e progressistas?! Não confunda crítica textual com alta crítica