Cristiano Ronaldo rejeita Coca-Cola e pode ter provocado prejuízo bilionário

Refrigerante faz mal à saúde, não só porque contém muito açúcar, mas porque também contém componentes que enfraquecem todos os órgãos do corpo

ronaldo

Durante uma coletiva de imprensa, o famoso jogador de futebol português Cristiano Ronaldo afastou duas garrafas de Coca-Cola que estavam sobre a mesa à sua frente e pegou uma de água, mostrando-a para as câmeras. Acredita-se que o gesto tenha levado a empresa que produz o refrigerante a amargar um prejuízo de cerca de 20 bilhões de reais com desvalorização das ações. No entanto, a atitude está de acordo com a postura do atleta, que não consome refrigerantes nem bebidas alcoólicas. Aliás, além de não ter tatuagens por ser doador de sangue, Cristiano disse certa vez: “Eu não bebo álcool, odeio cigarro, e a maior parte da minha vida passo com a minha família.” Obviamente que o jogador não é perfeito (como ninguém é), mas essas palavras e esse exemplo vindos de alguém com tamanha projeção mundial não deixam de ser interessantes e muito bem-vindas, e servem de motivação (quem sabe até repreensão) para pessoas que deveriam fazer muito mais em termos de reforma de saúde, pois têm acesso a muito mais informação e a motivação principal para cuidar da saúde: para a honra e glória de Deus e para ter pensamentos claros e melhor conexão com o Céu.

Detalhe interessante: a avó paterna de Cristiano Ronaldo (já falecida) era adventista do sétimo dia.

Segundo o site MedScan, “tomar refrigerante faz mal à saúde, não só porque contém muito açúcar, mas porque também contém componentes que enfraquecem todos os órgãos do corpo. Além disso, o refrigerante não tem qualquer valor nutricional e ainda contém elevadas quantidades de sal, que favorece a retenção de líquidos, leva ao aumento de peso, barriga estufada e pernas inchadas. A maior parte dos refrigerantes é feita a partir de ácido fosfórico, xarope de milho e potássio, substâncias que podem levar a vários problemas de saúde”, como diabetes e aumento de peso, enfraquecimento dos ossos e dos dentes, pedras nos rins, aumento da pressão arterial e câncer no sistema digestivo.

Leia a revista Vida e Saúde e tenha um estilo de vida mais saudável.