Perguntas interativas da Lição: o descanso supremo

A última vez em que houve um evento mundial culminante (o dilúvio), apenas oito pessoas em todo o mundo estavam preparadas para ele. Jesus comparou alguns detalhes desse evento com a ocasião de Sua segunda vinda. Apesar de Sua volta ser a ocasião em que finalmente entraremos no descanso supremo de Deus, muitos não estarão preparados para esse dia, preocupados e distraídos com muitos cuidados.

Perguntas interativas para discussão em grupo:

Leia Apocalipse 1:12-18. Quando João teve essa visão, já haviam se passado quase 70 anos desde a última vez que ele tinha visto Jesus. Que sentimentos ele deve ter tido agora ao vê-Lo glorificado?

Por que devemos desejar intensamente a volta de Jesus?

Leia Mateus 24:9-14. De que forma a pregação do Evangelho nos protege contra os enganos dos últimos dias? O que significa “perseverar até o fim”? Como fazer isso?

Apocalipse 14:6-12 revela o conteúdo da pregação do povo remanescente nos últimos tempos. O que há de importante nessas três mensagens? Por que elas são urgentes?

Qual é a relação entre o evangelho eterno e o descanso?

Se alguém aguarda entrar no “descanso supremo de Deus” (o Céu), mas descobre que primeiro terá que passar pelo sono da morte, de que forma a confiança na Palavra de Deus pode lhe trazer esperança de tal modo que “descanse em paz”? (Ver Hb 11:13-16; Jo 5:28, 29; 11:11, 14; etc.)

Leia Filipenses 4:4-6. Como essas palavras podem ser aplicadas à nossa vida? Como elas podem nos ajudar a encontrar descanso mesmo ao enfrentar provas e tribulações?

Apesar de que ainda não entramos no “descanso supremo de Deus”, como já podemos experimentá-lo, tendo uma “paz que excede todo o entendimento” (Fp 4:7)?

Ao encerrarmos o tema geral da lição deste trimestre como você pode expressar o significado da expressão “descanso em Cristo”? Como você pode experimentar essa verdade em sua vida?

(Natal Gardino é doutor em Ministério pela Andrews University e pastor distrital em Londrina, PR)