Perguntas interativas da Lição: Esperança indestrutível

Não é fácil manter o ânimo e a esperança quando não conseguimos ver o quadro completo da situação pela qual passamos. Nessas horas precisamos nos lembrar do caráter de Deus, e assim – por reconhecer Quem Ele é – nos apegar firmemente às Suas promessas. Desta forma desenvolvemos uma esperança segura, a qual não pode ser destruída pelos crisóis da vida.

Perguntas para reflexão e discussão em grupo:

Por que a compreensão do caráter de Deus nos ajuda a manter a esperança em meio ao crisol?

Em Habacuque 1:1-4 o profeta reclama para Deus da situação caótica do país e do povo. Então em 1:5-11 Deus lhe responde dizendo que isso iria piorar muito, pois os babilônios ainda atacariam a nação e levariam uma grande parte do povo em cativeiro por 70 anos. Com esse quadro em mente, discuta:

Por que Deus permitiu que isso acontecesse com o Seu povo? (veja Hb 12:7-11)

Como a atitude de Habacuque relatada em 3:17-19 pode ser a nossa também?

Leia Jeremias 29:10. De que forma essa promessa deveria encher o povo de esperança apesar de estarem sendo enviados para Babilônia? Como podemos comparar essa situação do povo de Israel com a nossa na atualidade? (R.: Deus estaria com o povo durante o exílio na Babilônia, e lhes prometeu que, no tempo certo, essa situação teria um fim)

Leia Isaías 41:8-10. Quais são os motivos de esperança nesta passagem? Como essas palavras podem nos ajudar enquanto aguardamos a volta de Jesus?

Quando Deus apareceu a Jó (cap. 38 em diante), não lhe explicou nada sobre os motivos de seu sofrimento. Apenas lhe revelou Sua gloriosa grandeza. E Jó ficou tão impressionado que não precisou de respostas (42:3,5,6). Por que o conhecimento da majestade de Deus deve ser suficiente para nós quando não sabemos todos os porquês?

Em quais promessas divinas podemos nos basear para desenvolver uma esperança indestrutível?

Como podemos ajudar as pessoas que perderam a esperança?

(Pastor Natal Gardino, professor de Teologia no Instituto Adventista Paranaense)