Essa tal de mulher moderna

capa VS_MAR20Dona de casa, esposa, mãe, educadora, profissional, empreendedora… Tudo isso “dentro” de uma mulher só! O que se passa na cabeça dela quando o assunto é carreira e maternidade? E ainda: Como esse perfil multitarefa tem impactado sua saúde?

Muita coisa mudou desde o tempo da vovó, em que a mulher era “apenas” dona de casa, não é mesmo? Agora, além das atribuições domésticas, a vida dela tem sido preenchida com muitas outras responsabilidades, especialmente no âmbito acadêmico e profissional. E, como se não bastasse, diante dessa rotina intensa, ainda é preciso “dar conta” de manter sempre uma ótima aparência, haja vista os elevadíssimos padrões de beleza exigidos.

Sem sombra de dúvida, algo marcante sobre a mulher contemporânea é o perfil multitarefa incorporado por ela, como se pudesse literalmente “abraçar o mundo”. Além de sobrecarregada de afazeres e de obrigações, está sempre cobrando de si mesma a perfeição em tudo aquilo que faz. Equilibrar as exigências familiares, profissionais, religiosas, educacionais e pessoais está longe de ser fácil tarefa. Superpoderes? Quem dera! A resposta está na habilidade “adaptativa” que cada uma desenvolve para enfrentar a acirrada competição no ambiente de trabalho e nos malabarismos para superar os conflitos domésticos.

Essas “adaptações” da mulher moderna implicam mudanças, tanto para sua rotina quanto para seus projetos de vida e suas consequentes escolhas. Uma das áreas que têm experimentado impacto importante em face de todas essas modificações é a maternidade.

[Continue lendo.]

Esperança para a Ucrânia (uma experiência missionária)

Canal de divulgação científica cita livro A História da Vida

A menção é feita aos 7’30”, e o livro pode ser encontrado aqui.

Youtuber presbiteriano indica o livro O Poder da Esperança

Acesse www.opoderdaesperanca.com.br

Unboxing no canal Sistemático. O que havia no pacote?

Professor youtuber recomenda livros criacionistas de Michelson Borges

Meu livro foi entregue na Transnístria

Captura de Tela 2019-09-08 às 09.19.08“Hoje [dia 7/9] na Transnístria (país que tecnicamente não existe), ao voltar da igreja, passei por uma praça. Uma mulher me pediu um cigarro. Eu disse: ‘Não fumo. O fumo é nocivo. Mas tenho algo para você…’ Abri minha mochila e entreguei para ela uma cópia em russo do livro O Poder da Esperança. Ela disse que gosta de ler, e o fará. Perguntei se poderíamos tirar uma foto para mostrar para um dos autores (Michelson Borges). Ela aceitou. Por favor, ore para que ela realmente o leia, pare de fumar e conheça Jesus de perto.”

Relato do Jean Silva