Michelson Borges revela notícia em primeira mão!

Bíblia, adventismo e racismo

42 meses são 3,5 anos literais? Análise respeitosa do vídeo do Pr. Samuel Ramos

Trombetas fora do tom: série de vídeos trata de erros teológicos sobre eventos finais

Meu sobrinho entrevistou o pastor Eleazar Domini

Os pioneiros adventistas eram antitrinitarianos?

Algumas pessoas desinformadas e outras mal-intencionadas têm espalhado por aí que os pioneiros da Igreja Adventista do Sétimo Dia eram antitrinitarianos no sentido pleno da palavra e que a doutrina da Trindade só teria sido aceita pela Igreja Adventista na década de 1980.  Tais alegações merecem algumas considerações:

1. Qual tipo de Trindade era rejeitada pelos pioneiros?
2. Todos os pioneiros eram contrários a essa doutrina?
3. Houve um crescimento acerca do assunto no seio da igreja?
4. Houve declarações trinitarianas em publicações oficiais da igreja?
5. Ellen White criticou alguma declaração trinitariana feita em publicações oficiais?

As respostas a essas perguntas você encontrará no vídeo acima e perceberá que Deus, em Sua sabedoria infinita, guiou e continua guiando Sua igreja rumo ao porto celestial.

Sintonia fina do Universo e profecias messiânicas: evidências de design inteligente

Quer saber como as crianças pregarão nos últimos dias? Tipo assim…

Por que no início do livro História da Redenção o Espírito Santo não é mencionado?

Alguns dizem por aí que o Espírito Santo não é uma pessoa da Divindade. Usam como uma de suas premissas básicas o “argumento do silêncio”: se não fala dEle, logo não existe. Eles dizem que o fato de Ellen White mencionar apenas o Pai e o Filho quando fala da luta contra Lúcifer no Céu é uma forte indício da inexistência do Espírito Santo como pessoa da Divindade. É claro que esse argumento é uma furada sem tamanho e este vídeo vai mostrar isso. Assista, tire suas dúvidas e compartilhe com o maior número de pessoas possível.

Jornalista argentino apresenta papa como líder da nova ordem mundial